Saturday, February 6, 2016

Algumas noções gerais do Budismo Jodo Shinshu


A roda da vida e da morte representando os estados 
samsáricos de existência, 
explicados em detalhes neste artigo. 
1) Samsara e Nirvana (Estado de Buda/Iluminação)

Samsara é o ciclo de nascimentos e mortes repetidos. Trata-se do efeito do karma[1] pessoal e coletivo (interdependente) de seres não iluminados[2], portanto não possui outro criador[3] além das nossas próprias ilusões, apegos e desejos. Há muitos estados samsaricos de existência, podemos mencionar por exemplo, os infernos, o reino dos seres famélicos, animais, humanos, asuras ou espíritos guerreiros e deuses. Todos os seres nascem, morrem e renascem novamente em seus respectivos reinos devido aos seus karmas e suas existências é acompanhada por diferentes tipos de sofrimentos eilusões[4].

O objetivo do caminho do Buda é escapar do Samsara e alcançar o Estado de Buda ou Nirvana[5]/Iluminação Perfeita[6]. Esta é a maior liberdade e felicidade que independe de qualquer causa ou condição e que existe como potencial inerente em todos os seres sencientes, não importa quão baixo seja o estágio em que se encontrem na escala espiritual de evolução. O fato de que  todos os seres sencientes possuem o potencial inerente para alcançar o Estado de Buda é chamado de  “Natureza Búdica[7]. Explicando de forma simples, assim como todas as sementes têm o potencial natural para tornarem-se árvores, todo os seres sencientes têm potencial para tornarem-se Budas.


O estado do Nirvana  ou Estado de Buda é supremo no universo. Todos aqueles que alcançam este estágio são chamados de Buda. Não há deus, espíritos ou figuras divinas  de qualquer religião que seja superior aos Budas e nenhuma religião ou caminho espiritual iguala-se aos ensinamentos do Buda. É por isso que nós, como discipulos de Buda, tomamos refúgio apenas no Buda, no Dharma e na Sangha[8], a comunidade de seus seguidores. É por isso também que não veneramos ou dependemos de figuras religiosas fora do Dharma de Buda[9].
O samsara é geralmente descrito nos textos sagrados como um sonho coletivo enquanto os seres samsaricos (não iluminados) são descritos como pessoas que dormem o longo sono da ignorância. Os Budas, os únicos seres Despertos/Iluminados (a palavra Buda significa “Desperto”), possuem sabedoria e compaixão infinitas, então eles agem como despertadores para os outros.  A coleção de ensinamentos e práticas através das quais os Budas auxiliam na despertar dos seres não iluminados, é chamada de Dharma do Buda.

Buda Shakyamuni ensinando sobre Buda Amida e sua Terra Pura
2) Buda Shakyamuni e seu ensinamentos sobre a salvação do Buda Amida

Segundo o Dharma de Buda, a história humana como a conhecemos é apenas uma pequena fração de temos infinitos e inconcebíveis do universo. Isto significa que muitos sistemas de mundos e seres já haviam existido antes do surgimento desta terra e continuarão a existir após o seu desaparecimento. Portanto, no passado sem início, muitos Budas apareceram em vários mundos e continuarão a aparecer no futuro sem fim. O Iluminado que ensinou o Dharma de Buda durante nossa história humana foi o Buda Shakyamuni.

Durante sua longa vida, Shakyamuni encontrou muitos seres de várias capacidades e condições espirituais e passou muitos ensinamentos. Os ensinamentos, chamados Sutras, foram transmitidos para gerações futuras pelos seus discípulos mais próximos através de vários meios, como transmissão oral e estados especiais da mente chamados de Samadhi, até que finalmente foram colocados em forma escrita.

Escolas diferentes de Budismo foram formadas de acordo com os vários Sutras (ensinamentos). Nossa escola Jodo Shinshu foi formada com base nos Três Sutras da Terra Pura conforme explicados por Shinran Shonin (1173-1262), o Mestre Fundador. Os Sutras são: Sutra do Buda da Vida Imensurável (Bussetsu Muryōju Kyō), Sutra da Contemplação do Buda da Vida Imensurável (Bussetsu Kammuryōju Kyō) e o Sutra Menor do Buda Amida (Bussetsu Amida Kyō).

Especialmente o Sutra do Buda da Vida Imensurável (ou Sutra Maior) foi considerado por Shinran Shonin como o ensinamento mais importante da vida do Buda Shakyamuni e a principal razão para o seu aparecimento no mundo[10]. Neste Sutra, ele conta a história do Buda Amida e sua Terra Pura[11] e incentiva todos os seres a confiarem nele.  

Diferentemente de Shakyamuni, Amida não é uma figura histórica, mas um Buda transcendental que alcançou a Iluminação muitos aeons atrás em um passado distante[12]. No entanto, ele é tão real quanto Shakyamuni ou qualquer Buda de qualquer época já que todos os Budas permanecem para sempre ativos na salvação de seres sencientes.

Buda Amida e sua Terra Pura
A caracteristica especifica do Buda Amida é que ele fez 48 Votos para a salvação de todos os seres sencientes e manifestou um local real e iluminado chamado de Terra Pura (Sukhavati). Alguns dos votos descrevem sua caracteristica especial como um Buda (12° e 13°Voto), outros descrevem as qualidades da Terra Pura (31° e 32° Voto) e outros explicam como seres sencientes podem nascer lá após a morte e como eles viverão e se comportarão após chegar lá.

Entre seus Votos, o 18° ou Voto Original é considerado o mais importante. Nele, ele promete que irá levar todos aqueles que confiam nele e chamam o seu Nome com fé, para a Terra Pura. Outros votos também prometem que aqueles que nascerem na Terra Pura através do portão do Voto Original alcançarão o Nirvana (11° Voto)  e então retornarão para os reinos do Samsara para auxiliar outros seres (22° Voto)[13].

Como já expliquei no início desta introdução, o ambiente do samsara em que vivemos agora é o efeito do nosso karma e do karma interdependente (karma coletivo) de todos os seres não iluminados. Este karma comum e impuro deu origem a um ambiente impuro que também nos influencia e que torna dificil a evolução espiritual. Nós mesmos estamos doentes, nossos companheiros estão doentes e o ambiente também está doente. É por isso que somos incentivados  a aspirar nascer na Terra Pura após a morte. Esta terra de Amida é iluminada e saudável, uma terra que não é produto do karma maléfico, das paixões cegas e apegos, mas apenas dos seus méritos kármicos puros. Uma vez nascidos neste ambiente são, nossa insanidade é curada instântaneamente, nossas ilusões são naturalmente derretidas como gelo que encontra o fogo, assim nossa verdadeira natureza iluminada (Natureza Búdica) irá se revelar. 

Segundo o Dharma de Buda, seres samsáricos ou não iluminados são como sementes jogadas em um solo infértil. Embora o potencial de cada semente seja tornar-se uma árvore, se você coloca-la em um solo ruim, sem qualquer bom nutriente e na presença de ervas daninhas ruins, a semente não crescerá. Assim como a semente, o potencial de qualquer ser é tornar-se um Buda, mas devido ao fato de nós vivermos em um mundo samsárico que é o próprio efeito e o eco de nosso próprio karma maléfico, não conseguimos crescer e nos transformar em Budas. É exatamente por isso que devemos deixar Amida nos levar para a Terra Pura[14], cujo o solo é o melhor solo para para que sementes como nós possam desenvolver seus potenciais naturais para tornarem-se Budas. Diferente dos vários planos de existência samsáricos, a Terra Pura é o reino da Iluminação. Então, tudo o que precisamos fazer é confiar em Amida e desejar nascer ou ser plantado na terra dele, assim quando recebermos todos os nutrientes necessários sem que haja obstrução de ervas daninhas, naturalmente nos transformaremos em Árvores da Iluminação.

3) A fé  (Shinjin) e o Nembutsu do Voto Original

Shinran Shonin sempre insistiu no ensinamento que devemos estar de acordo com o Voto Original. Estar de acordo com o Voto Original significa que o aceitamos como sendo verdadeiro e eficaz na nossa salvação, que confiamos no Buda Amida, recitamos o seu Nome com fé e desejo de nascer em sua Terra Pura.


Aceitar o Voto Original como verdadeiro e eficaz também significa que os elementos do seu Voto são verdadeiros e reais. Que elementos são estes? Eles são o Buda Amida e sua Terra Pura. A fé  e a recitação do Nome existem apenas na relação entre Buda Amida e sua Terra Pura. Fé em quem? Fé em Amida. Recitação do Nome de quem? Recitação do Nome de Amida. Desejar nascer em qual Terra? Na Terra Pura de Amida.

Se temos fé em alguém então isto significa que confiamos sem sombra de dúvidas que a pessoa é confiável e que manterá sua promessa. Confiar na promessa de alguém significa que aceitamos a sua existência. Promessas podem ser feitas por pessoas que existem de verdade, e no nosso caso, por um Buda Amida verdadeiro, não por objetos materiais ou seres fictícios. Então, apenas se aceitarmos a atual existência de Buda Amida e sua Terra Pura, podemos ter uma fé genuina, recitar o seu Nome e desejar nascer lá. Buda Amida e sua Terra Pura são reais e verdadeiros, seu Voto Original, em que ele nos inspira e confiar nele, recitar seu Nome e desejar a sua Terra, é real. Não estamos falando sobre uma promessa vazia de um ser nção iluminado, ou por um ser fictício[15] de um livro de fantasia, mas sobre a promessa de um Buddha verdadeiro, completamente Iluminado, chamado Amida. Porque ele existe e é um Buda, isto significa que ele é confiável e que podemos deixar que ele nos carregue para aTerra Pura.

Quando uma pessoa tem fé (shinjin), ela está convencida de que o Buda Amida e sua Terra Pura existem e que a promessa que ele fez no Voto Original é verdadeiro, então ela simplesmene confia neste Buda e deseja nascer na Terra Pura após a morte. Dizer Namo Amida Butsu (Nembutsu) muitas ou poucas vezes significa exatamente isto – “Eu confio em Buda Amida/Tomo refugio em Buda Amida e desejo nascer na sua Terra Pura”.
Isto também significa: “Obrigado, Buda Amida, por me salvar e me levar para a Terra Pura ao final desta existência física”.
“Namo” de “Namo Amida Butsu”[16], significa “homenagem á”, que expressa gratidão e também“ tomar refúgio” que expressa fé (shinjin). “Butsu” ou “Bu” (se você preferir recitar como“ Namo Amida Bu”), significa “Buda”.
No exato momento em que confiamos em Buda Amida, entramos no estágio de não retrocesso, isto é, não importa o que aconteça conosco, nosso nascimento na Terra Pura está garantido. Assim como todos os rios deságuam no oceano, todos os seres que confiam em Amida irão, inevitavelmente, nascer na sua Terra Pura após a morte. Uma vez que depositamos nossa fé em Amida, nada constitui um obstáculo para o nascimento lá. Nem mesmo nossas ilusões e karmas maléficos. É por isso que este estágio é chamado de “estágio do não retrocesso”.

*

Não há nenhum conselho especial sobre como recitar o Nembutsu, que não seja apenas recitando. Então vamos curtir o Nome de Buda Amida e recita-lo sempre que quisermos, em qualquer circunstância. Amida quer que recitemos seu Nome livremente sem qualquer preocupação. Recitar não requer nenhuma iniciação, poder, ou estado da mente especial [17].
Então, não importa se nos sentimos bem ou mal, se temos uma mente calma ou agitada, apenas recitamos o Nome. Quando recitamos o Nome, não tomamos refúgio na própria mente, nem nos pensamentos que aparecem nele, nos nossos sentimentos e idéias, mas no Buda Amida que está fora de nossas mentes.

Na escola Jodo shinshu é ensinado que embora muitas vezes nós recitemos o Nembutsu com nossos lábios, esta prática não é nossa. Isto é porque o Nome não nos pertence, então, não pode ser melhorado ou danificado por nada bom ou mau que exista em nossa personalidade. O Nome é a manifestação de Amida e funciona por causa de Amida. Não acrescentamos nada ao Nome para que possa surtir efeito. Enquanto outras escolas da Terra Pura focam na pessoa que recita o Nembutsu e ocupam-se ensinando seus seguidores a manterem um bom estado da mente ao recitar, nossa escola Jodo Shinshu foca em Amida e seu Poder de salvação. Aqui apenas deixamos que Amida nos salve. Quando nós, seguidores do Jodo Shinshu recitamos o Nome, nós simplesmente expressamos esta fé e dizemos: “Obrigado, Buda Amida”.

 *
  
Livros impressos disponíveis ou versão online gratuita em: Amidaji Temple Romania

Esses livros está atualmente sendo traduzido para o português e logo será disponibilizado tanto em versão impressa como em versão online gratuita.


The Path of Acceptance –Commentary on Tannisho, Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion, 2011
Jodo Shinshu BuddhistTeachings, Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion, Dharma Lion, 2012 (Edição em português estará disponivel em breve)
The 48 Vows of Amida Buddha, Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion, Dharma Lion, 2013
The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion, Dharma Lion, 2015











[1] Leia o capitulo: General Explanations of "Being", "Karma" and"Rebirth" de  The True Teaching on Amida Buddha and HisPure Land, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p 14
[2] Leia o capitulo Some Buddhist Explanations of the Origin and Existence of the Universe de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, p 31.
[3] Leia o capítulo, There is no Creator God in the Buddha Dharma de  The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, p 18
[4] Leia o artigo The Six Realms of Samsaric Existence em  http://amida-ji-retreat-temple-romania.blogspot.ro/2015/06/the-six-realms-of-samsaric-existence.html, e as notas de rodapé do capítulo Some Buddhist Explanations of the Origin and Existence of the Universe de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, p 31
[5] Nirvana vem do verbo“nirv” extinguir – e é compreendido erroneamente  por muitos como vazio”. No entanto, Nirvana significa extinguir as chamas das paixões e ilusões e acordar para a realidade ou Natureza Búdica, que todos os seres possuem. Na escola Jodo Shinshu, o estado de Nirvana ou natureza Búdica será alcançado no momento do nascimento na Terra Pura de Amida, após a morte. O termo Nirvana” é equivalente a Perfeita Iluminação” , Natureza Búdica”, etc.
[6] Leia o capítulo  Aspiration to Become a Buddha - the Most Important Matter de  Jodo Shinshu Buddhist Teachings, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2012, p 17.
[7] Leia o capítulo Two Questions on Buddha Nature and Samsara de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, p 51.
[8] Leia o capítulo, O Significado dos três refúgios  de  Ensinamentos Budistas do Jodo Shinshu, escrito por Josho Adrian Cirlea, edição em português será lançada em breve.
[9] Leia o capítulo, Those Who Believe in a Creator God Cannot Have True Faith in Amida Buddha, de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p 54
[10] Leia o capítulo The Purpose of Shakyamuni's Coming to This World de Jodo Shinshu Buddhist Teachings, escrito pot Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2012, p32.
[11] Leia o capítulo The Story of Amida Buddha as told byShakyamuni Buddha de The True Teaching on Amida Buddhaand His Pure Land, escrito pot Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p. 66
[12] Leia os capítulos About AmidaBuddha and His Pure Land de  Jodo Shinshu Buddhist Teachings, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2012, p 20 e  The Doctrine of the Three Buddha Bodies of Amida Buddha, de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, escrito pot  Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p. 88 
[13] Para uma explicação completa dos 48 Votos de Buda Amida veja The 48Vows of Amida Buddha, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2013.
[14] Leia o capítulo  The Two Aspects of the Pure Land de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p. 101
[15] Leia os capítulos Those who Deny the Existence of Amida don't Have Shinjin de Jodo Shinshu Buddhist Teachings, escrito por Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2012, p 186 e The KarmicConsequence of Denying the Trancendent Reality of Amida Buddha and His PureLand de The True Teaching on Amida Buddha and His Pure Land, escrito pot Josho Adrian Cirlea, Dharma Lion Publications, Craiova, 2015, p. 109
[16] Namo Amida Butsu ou Namo Amida Bu, ou Namandabu são a mesma coisa. 
[17] Leia o capítulo A fé é simples, nada especial de  Jodo Shinshu Buddhist Teachings.


0 comentarii: